Primavera: uma estação cheia de arte e cultura

Primavera: uma estação cheia de arte e cultura

No mês de setembro nossas unidades de creche continuaram com o projeto “Arte e Cultura”, incentivando nossas crianças a descobrirem um novo mundo através da leitura de histórias como “O Leão e o Rato” e “Morder não, Napoleão”, que desenvolvem senso crítico nas crianças e interação em grupo, auxiliando o processo de aprendizagem. Ainda na linha de cultura, houve apresentações musicais como “Chapeuzinho Colorido e As Nove Musiquinhas” e “Sandroca e o Violão”, que auxiliou as crianças na fala pela música e no seu protagonismo através das atividades realizadas.

Na área de artes, promovemos uma festa a fantasia, desenhos e pinturas sobre a natureza, teatro de fantoches para falar sobre a importância da árvore, reutilização de materiais recicláveis e mistura de cores; tudo foi produzido a partir do tema “O que tem no Jardim”.

Tudo isso para comemorar a chegada na nova estação, Primavera, que vem carregada de cores e alegria.

Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura
Primavera: uma estação cheia de arte e cultura

Festa da Primavera - 2018

Festa da Primavera - 2018

Na última sexta-feira, 21, celebramos a Festa da Primavera. Contamos com a presença dos nossos voluntários, onde festejamos e relembramos todas as conquistas realizadas ao longo desse ano.

Serviço humilde, feito no silêncio e sem publicidade; sabendo que o amor não é apenas em palavras ou obrigações, e sim, em serviço concreto que fazemos uns aos outros.

Foi uma festa para lá de especial: com comidas, abraços, confraternização, amor e carinho. Porque sabemos que trabalhar em equipe é muito prazeroso e positivo.

Além disso, preparamos uma surpresa, onde montamos um vídeo com o depoimento de algumas pessoas que foram assistidas por algum voluntário. Com imensa gratidão, as pessoas falavam sobre o amor e a valorização que elas obtiveram pela FCG, através do trabalho voluntário. Abaixo, destacamos um depoimento:

Meu nome é Edna, já estou há um tempo na Fundação. Foi uma amiga minha que me indicou aqui, porque eu fiquei desempregada e vivendo uma situação muito difícil.
Ela disse sobre essa Fundação, que tinha cursos gratuitos e o pessoal era muito bacana. Então, eu vim e me inscrevi. Acabei fazendo o curso de design em sobrancelhas e depilação, depois já comecei a trabalhar; eu não tinha noção o que era fazer uma sobrancelha. Hoje eu sei, já trabalho na minha casa e atendo as minhas clientes – eu amo fazer essas atividades, esse curso foi libertador e descobridor, porque eu achei que não era capaz de fazer isso, mas a professora Leila, do curso que eu fiz na época, foi maravilhosa.
Depois, fiz o curso com a professora Vera, manicure, onde eu aprendi algo que também não sabia fazer, e já atendo as minhas clientes. Hoje, faço o curso de maquiagem com a professora Rosangela, uma benção e mulher de Deus, mostrando um mundo que eu também não conhecia e hoje estou conhecendo.
Vejo tudo isso como graça de Deus e benção de Deus. Sobre as pessoas da Fundação eu louvo à Deus por eles. Muito obrigado por tudo!

Por fim, agradecemos aos nossos voluntários, parceiros, mantenedores, doadores e funcionários, que sempre se dedicam em nos ajudar. Obrigado pela confiança depositada em nós. Alcançar, resgatar e valorizar o próximo é o nosso desafio!

Você quer fazer parte dessa história e nos apoiar? Entre em contato conosco através das redes sociais ou ligue para 2672-1200.

Seja a resposta!

Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018
Festa da Primavera - 2018

Pense na sua saúde, cuide de você!

Pense na sua saúde, cuide de você!

Para diminuir o desenvolvimento da obesidade, diabetes, hipertensão e outras doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), preste atenção na sua alimentação; abaixe o consumo de sal, açúcar, gorduras e industrializados.

Neste mês (setembro), as estagiárias de nutrição e estudantes da UNIP – campus Tatuapé – apresentaram mais uma palestra do Programa de Prevenção e Controle das DCNT através da alimentação, com o objetivo de incentivar e avaliar a aceitação da receita de uma sobremesa saudável (mousse de abacate com cacau em pó).

Foram abordados os benefícios dessa receita, que diminui os riscos de doenças crônicas como obesidade, diabetes e hipertensão.

As gorduras insaturadas (ômega 6) presentes no abacate têm um papel importante na redução dos triglicerídeos e do colesterol ruim (LDL), somado com o poder antioxidante do cacau. Essa é uma ótima opção de sobremesa que auxilia na prevenção de aterosclerose, o acúmulo de gorduras no organismo, além de combater os radicais livres que são responsáveis pelo envelhecimento precoce.

De uma forma descontraída e com a participação do público foi realizada a degustação com análise da escala hedônica, onde foi possível avaliar a grande aceitação da sobremesa.

Ao final, foram respondidas dúvidas e entregue um panfleto informativo com a receita e todos os itens comentados na palestra - a fim do público levar as informações para casa.

O texto e as interversões foram realizadas pelas estagiárias da FCG e alunas da UNIP: Jucimara, Tainá e Jurema.
Supervisora da Faculdade UNIP: Talita Pessoa.
Nutricionista responsável da FCG: Sandra Bernardis.

Pense na sua saúde, cuide de você!
Pense na sua saúde, cuide de você!
Pense na sua saúde, cuide de você!
Pense na sua saúde, cuide de você!

Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura

Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura

Há dois meses estamos, em nossas creches, desenvolvendo o projeto Arte e Cultura; com a proposta de estimular as crianças a apreciarem o gosto pela arte, em todas as suas áreas, e assim, criar experiências que as surpreendam.

As atividades mais recentes foram: as crianças confeccionarem seus próprios skates; brincarem de cabra cega; aprenderem a realizar demonstração de carinho e evitar mordidas; contato com diferentes materiais artísticos; formas de expressão através da reprodução de obras; contato com a natureza; contação de histórias e teatro (o pássaro sem cor, três porquinhos e cigarra e a formiga); e, em especial, no aniversário de 1 ano da nossa creche CEI Espaço da Comunidade VI as crianças estamparam as camisas das suas professoras.

Através destas atividades a criança consegue ampliar o seu conhecimento do mundo e da cultura e estimula suas habilidades motoras, cognitivas, afetivas e sociais.

Educar é ensinar com criatividade, persistência e exemplo.” Artista desconhecido

Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura
Amor em movimento - Projeto Arte e Cultura

Obesidade, hipertensão e diabetes: vilões silenciosos

Obesidade, hipertensão e diabetes: vilões silenciosos

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) como a obesidade, hipertensão, diabetes, entre outras, são a causa principal de mortalidade e de incapacidade prematura na maioria dos países de nosso continente, incluindo o Brasil.

Anteriormente, no início do século passado, às doenças infecciosas (pneumonia, virose, HPV, sarampo, doença de Chagas) eram as que mais levavam ao óbito (aproximadamente 50%) enquanto que hoje, com as melhorias de condições sócio-econômico-culturais, a mortalidade é preponderantemente consequência das DCNT (aproximadamente 75%).

No dia 29 de agosto, as estagiárias de nutrição e estudantes da UNIP – campus Tatuapé – deram continuidade ao ciclo de atividades informativas referente ao Programa de Prevenção e Controle das DCNT através da alimentação.

O tema abordado por elas na intervenção foi: “A relação dos excessos alimentares como fator de risco para as doenças crônicas não transmissíveis”.

Com a participação do público atendido na sede da Fundação Comunidade da Graça foi realizado uma apresentação dinâmica explicando as características principais das DCNT e apresentado mitos & verdades sobre a relação da alimentação com essas doenças.

O objetivo foi demonstrar que uma boa alimentação não precisa ser cara e tem um papel fundamental na prevenção, controle e tratamento de diversas doenças.

O texto e as interversões foram realizadas pelas estagiárias da FCG e alunas da UNIP: Jucimara, Tainá e Jurema.

Supervisora da Faculdade UNIP: Talita Pessoa.
Nutricionista responsável da FCG: Sandra Bernardis.

Obesidade Hipertensao E Diabetes Viloes Silenciosos 1
Obesidade Hipertensao E Diabetes Viloes Silenciosos 2

Setembro Amarelo - O que devemos saber sobre o suicídio e como evitá-lo?

Setembro Amarelo - O que devemos saber sobre o suicídio e como evitá-lo?

O Setembro Amarelo é uma iniciativa criada em 2015 a fim de conscientizar e evitar o suicídio, um problema profundo e que exige esclarecimentos, afinal, de onde surge essa ideia? Nós podemos evitá-la? Como agir diante desta situação?

Os Sofrimentos do Jovem Werther é um livro do escritor alemão Goethe, cuja história baseia-se no jovem Werther enviando cartas ao amigo Wilhelm, nas quais conta as frustrações amorosas por que passara. Ele amava Charlotte como nunca havia amado ninguém antes e, o amor (ou paixão), começa a virar obsessão à medida em que o tempo passa.

A donzela, já prometida a outro homem, acaba por casar com este, causando imensa tristeza no coração de Werther. Por fim, o jovem, desolado, põe fim à própria vida. Essa obra é importantíssima não apenas por dar início ao Romantismo na Europa, mas também por revelar algumas questões que envolvem a problemática que viemos tratar neste texto.

Quais seriam as causas do suicídio? Para o jovem da obra citada há pouco, a impossibilidade de possuir sua amada. Mas, e se estendermos isso para outras áreas da vida? Será que tirar a própria vida não é uma ideia trazida pela impossibilidade? Impossibilidade de fazer algo? Impossibilidade de ter algo? De ter alguém? Ou até impossibilidade de ser quem realmente é? Talvez...

Porém, independentemente das causas que levam ao suicídio, que tal falarmos de como evitá-lo?

Seja lá o que estiver trazendo uma pessoa para essa ideia, mais importante do que isso é mostrar que existem outras maneiras, outros meios para lidar com a situação, por mais difícil que pareça.

Uma coisa é fato: quando estamos diante de um problema, ele parece tomar conta da gente, parece ser muito maior do que realmente é. Exatamente por esse motivo que é fundamental sempre ter um ombro amigo para conversar. Não precisa ser amigo, literalmente, mas “qualquer” ombro capaz de te ajudar a ver a situação como um todo.

Os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles.” 2 Coríntios 4:17.

A vida é cheia de obstáculos e passar através deles é o que faz da vida um grande aprendizado!

Portanto, sempre que alguma ideia negativa chegar até você, antes de tomar qualquer decisão precipitada, converse com alguém de confiança a respeito. Há muitos profissionais preparados para auxiliá-lo nessa jornada, caso você queira e/ou tenha vergonha de se abrir com alguém próximo.

Aliás, profissionais, estão munidos de muitas informações e são pessoas preparadas para te acolher.

O importante é: converse, fale, se expresse. Não guarde a dor, o sofrimento, as incertezas, a perda ou as impossibilidades para si mesmo, pois somos uma grande comunidade e precisamos uns dos outros para viver. Não há vergonha nenhuma em dizer sobre o que lhe aflige, lhe causa dor.

Portanto, se alguém próximo estiver demonstrando algum comportamento depressivo, quieto, introspectivo demais ou tiver passado por uma perda recente, faça de si mesmo um ombro amigo de confiança e busque ajuda sempre que necessário.

Ao longo dos nossos 22 anos, nos colocamos, diversas vezes, como o ombro e apoio aos que necessitam de ajuda nas suas mais diversas áreas; temos um grupo de psicólogos qualificados para o atendimento às diversas demandas e ações com foco no acolhimento de múltiplas necessidades. Também, dentro dos nossos programas, temos focos específicos. Por exemplo, em nosso Programa Casa Abrigo – que atende mulheres em situação de risco de morte por decorrência da violência doméstica, bem como seus filhos menores, assegurando sua integridade física, moral e fortalecendo a auto estima – temos o depoimento da Claudinéia, que lhes apresento a seguir:

"Meu nome é Claudineia, tenho 38 anos e vou relatar como cheguei neste abrigo. Cheguei um lixo, acabada, desacreditada, sem rumo e sem me enxergar. Não sabia quem eu era, estava humilhada, machudada, desorientada, pedia a morte, tinha medo de errar outra vez, pois já tinha passado por outro abrigo antes e não tomei a decisão certa ou não era a hora certa. Esta foi a minha chegada.

Com o passar dos meses, fui me valorizando, me reconhecendo, me aceitando, mas não foi tão fácil, pois às vezes vinha a insegurança, o medo.

Já comecei a pedir a vida, pois voltei a me amar e me sentir gente, mas tudo com a ajuda da equipe da Casa Abrigo e hoje estou indo embora para a minha casa como um ser humano digno e forte. Sei o que eu quero e que tenho muito a conquistar ainda mais pela frente.

Tudo que sou hoje, uma nova mulher agradeço à todas vocês."

Existem muitas outras Claudinéias, mas o nosso trabalho é mudar suas vidas, assim como a Claudinéia que, desamparada, teve sua história transformada por outras pessoas que acreditaram nela.

A vida é cheia de altos e baixos e, para lidar com eles, precisamos estar todos juntos, em comunhão, para salvarmos mais vidas!

Seja a resposta!

Escrito por: Mateus Zampieri, 22 anos, redator publicitário, voluntário da FCG e estudante de Filosofia.
Apoio: Kátia Gonçalves, psicóloga, participante do grupo gestor FCG e coordenadora de voluntariado.

A inovação na área de práticas sustentáveis

A inovação na área de práticas sustentáveis

Se você acompanhou os noticiários, viu que no dia 1º de Agosto deste ano, a humanidade esgotou todos os recursos que a natureza pode renovar em um ano, e ainda estamos em ‘’dívida’’ de cinco meses, segundo a ONG Global Footprint Network. Esse dia foi chamado de ‘’Dia da Sobrecarga da Terra’’.

Só no Brasil, esse dia chegou mais cedo. Se a humanidade tivesse a velocidade de consumo igual a dos brasileiros, o mundo teria chegado à sobrecarga no dia 19 de julho. (fonte: WWF).

Diante desse cenário, estão surgindo muitas empresas inovadoras na área de sustentabilidade e tecnologia. Veja duas delas a seguir:

Todo site é hospedado em um servidor. Os servidores, por sua vez, são grandes computadores que fazem o site ficar no ar, consumindo muita energia e consequentemente emitindo muito CO2 na atmosfera.

A empresa Site Sustentável, em parceria com o Instituto Brasileiro de Florestas (IBF), consegue calcular a emissão do poluente gerado, e compensa no plantio de árvores nativas da Mata Atlântica. A página da web, então, é validada com uma certificação chamada Site Sustentável.

A eMove faz todo um trabalho de pesquisa, desenvolvimento e implementação de soluções inovadoras, tendo como base a energia 100% renovável do sol. Eles trabalham levando energia para domicílios e comunidades carentes e no bombeamento de água por energia solar.

É importante que as empresas de hoje em dia tenham um olhar voltado ao socioambiental. Isso acaba se tornando um diferencial da marca, já que o impacto de qualquer negócio afeta o meio ambiente direta ou indiretamente.

Mas e você, como cuida do nosso planeta?

Preocupar-se com o meio ambiente? Há quem diga que isso é responsabilidade somente de grandes indústrias e corporações, mas não é bem assim... Temos nossa parte na história!

Os pequenos hábitos do dia a dia já minimizam o impacto ambiental que causamos, e, pensando nisso, a FCG já integra o tema ‘’sustentabilidade’’ em todos os seus programas. Entre as atividades, estão: a coleta de óleo, a reciclagem e o ensino às crianças das creches sobre o plantio e cuidado com a natureza. Tudo assistido de perto por palestrantes, nutricionistas, funcionários e profissionais da área.

Seja a resposta!

Escrito por: Paulo Gustavo Alves, 22 anos, voluntário da FCG, formado em Publicidade e Propaganda e atua profissionalmente como redator.

A alimentação saudável é o caminho à qualidade de vida

A alimentação saudável é o caminho à qualidade de vida

No dia 22/08, as estagiárias de nutrição, estudantes da UNIP – campus Tatuapé – deram início ao Programa de Prevenção e Controle de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (obesidade, diabetes, hipertensão, entre outras) na sede da Fundação Comunidade da Graça.

O foco do Programa é a educação nutricional, com intuito de orientar quanto a importância da alimentação saudável e o impacto que a mudança de hábitos alimentares causa na saúde e na qualidade de vida de homens e mulheres em todas as idades.

A palestra inaugural teve como tema principal “alimentação saudável”, abordando também os tipos de processamento dos alimentos (in natura, minimamente processados, processados e ultra processados) e a qualidade da composição de cada alimento (quantidade de vitaminas, minerais, calorias, açúcar, sal e gordura).

Para conversar sobre esse tema de forma descontraída e com a participação do público, foi aplicado uma atividade dinâmica conhecida como farol: a cor verde representava os alimentos que são saudáveis, a cor amarela representava os alimentos que devem ser consumidos com moderação e a cor vermelha os alimentos que devem ser evitados.

Após apresentarem as figuras dos alimentos, o público era consultado podendo dizer em qual parte do farol aquele alimento se encaixava. Considerando a resposta da maioria era justificado se estava correto ou incorreto com uma breve explicação das estagiárias de nutrição.

Ao final, foram respondidas dúvidas e entregue panfleto informativo com todos os itens comentados na palestra para que o público pudesse levar as informações para casa.

O texto e as interversões foram realizadas pelas estagiárias da FCG e alunas da UNIP: Jucimara, Tainá e Jurema.
Supervisora da Faculdade UNIP: Talita Pessoa.
Nutricionista responsável da FCG: Sandra Bernardis.

A alimentação saudável é o caminho à qualidade de vida
A alimentação saudável é o caminho à qualidade de vida
A alimentação saudável é o caminho à qualidade de vida
A alimentação saudável é o caminho à qualidade de vida

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches

Doenças que estavam sob controle e até erradicadas no Brasil voltaram a ser tema de debate das autoridades em saúde. Por trás desse grande problema estão as “Fake News” – notícias falsas, sem nenhum embasamento, que são divulgadas em redes sociais. Sem checar a veracidade, as pessoas acabam compartilhando o conteúdo falso, e despertando temor na população. Esse problema tem afetado muitas famílias no Brasil e mundo, crianças não estão sendo vacinadas adequadamente e, por conta disso, muitas adoecem e morrem por negligência e falta de conhecimento dos responsáveis.

Por esse motivo, realizamos em nossas unidades de creche a campanha de vacinação – que tem por objetivo prevenir contra as doenças de poliomielite e sarampo (ressurgiram há pouco tempo).

A vacina foi aplicada em nossas crianças e nas colaboradoras, caso fosse necessário. As crianças foram colocadas no espaço da brinquedoteca, a fim de melhor acolhermos e descontrairmos: com brinquedos, bexigas e balas para adoçar esse momento.

Por fim, fica a nossa observação, pesquise antes de compartilhar ou acreditar em qualquer notícia falsa, às vezes, elas se tornam extremamente prejudiciais à sua saúde e do seu filho.
Seja a resposta!

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches
Campanha de vacinação contra pólio e sarampo nas creches

Contato

  • (11) 2672.1200
  • fcg@fcg.org.br
  • Rua Salvador do Vale, 9
  • Vila Formosa - São Paulo